Buddakan: restaurante asiático fusion em Nova York

A dica de hoje é pra quem gosta de comida asiática contemponânea  e quer conhecer um dos restaurantes mais badalados de Nova York. O Buddakan já foi cenário do jantar de noivado da Carrie, em Sex in the City e também já apareceu em Gossip Girl. O chef Michael Schulson define sua cozinha no Buddakan como asiática moderna, com ênfase na comida chinesa. Os pratos são todos preparados com técnicas francesas, e apresentação dos pratos também lembra muito restaurantes franceses.

O salão principal do Budakkan tem uma decoração super imponente!

Cenário de alguns filmes famosos, o salão principal do Budakkan tem uma decoração super imponente!

O Budakkan é o meu restaurante asiático preferido e sempre que eu consigo eu vou jantar por lá. Não só a comida é maravilhosa, mas a experiência toda: a decoração, o ambiente, o serviço, a apresentação dos pratos, etc. Claro que tudo isso tem um preço alto, e um jantar por lá fica na média de $60 dólares por pessoa, já com taxas e serviço (sem incluir bebida alcoólicas).

O único grande problema do restaurante (além do preço hehe) é que ele está sempre lotado e precisa reservar com bastante antecedência. E mesmo tendo reserva é bem comum ter que esperar pelo menos uns 10 minutos até a mesa ficar pronta.

A boa notícia é que há muitas mesas na área do bar e dificilmente você espera de pé. Além disso os drinques são ótimos (mas um pouco caros $) e você já pode pedir entradinhas. Na verdade, você pode jantar nas mesas do bar sem precisar de reserva, o que pode ser uma boa opção se você resolver ir de última hora e o restaurante estiver lotado.

O ambiente no Buddakan

Ao contrário da grande maioria dos restaurantes de Nova York, o Buddakan é enorme e super imponente e a explicação para o seu tamanho é que ele fica onde antigamente ficava uma fábrica de biscoitos da Nabisco. Ao entrar, você é recebido por um balcão com recepcionistas que vão pegar o seu casaco (se estiver frio) e fazer o seu check-in, parecido com um hotel. Mesmo se tiver reserva, você será convidado a esperar em uma das mesas do bar até que alguém te leve até sua mesa. O ambiente do bar é super escuro e é difícil conversar sem ter que falar mais alto, mas não se deixe enganar por esse pequeno espaço. Dali não dá pra ter idéia do tamanho do restaurante, dos diferentes ambientes e da decoração.

Apesar de nunca estar vazio assim, o bar do Buddakan tem muitas mesas para sentar e até pedir comida se quiser sem precisar de reserva

Apesar de nunca estar vazio assim, o bar do Buddakan tem muitas mesas para sentar e até pedir comida se quiser sem precisar de reserva

Assim que uma das recepcionistas te chamar e você chegar até as escadas do salão principal, você verá o tamanho do espaço: o salão principal, chamado de Grand Hall, um pé direito muito alto, lustres enormes e uma decoração um tanto imponente. Todo o lugar se parece muito com um palácio chinês. A decoração é super dramática e assim como na comida, é possível notar muitos elementos franceses misturados com temas asiáticos, como lustres e pinturas francesas. O restaurante tem capacidade para mais de 300 pessoas e tem vários ambientes diferentes, sendo alguns mais privados e calmos e outros mais animados. O que eu mais gosto, porém, é o salão principal. No meio, fica uma mesa comunitária super comprida com capacidade para 30 pessoas.

A mesa comunal no centro do salão é ótima para fazer novos amigos, já que você será sentado ao lado de outros pequenos grupos se pedir pra sentar ali.

A mesa comunal no centro do salão é ótima para fazer novos amigos, já que você será sentado ao lado de outros pequenos grupos se pedir pra sentar ali.

Há muitos outros ambientes e se você fizer reserva pelo telefone, pode pedir para ter sua mesa em um ambiente específico. Se chegar sem reserva e o restaurante não estiver muito cheio, também vale a pena falar sua preferência. Para ajudar nessa escolha, vou descrever os principais ambientes do Budakkan. Você também pode ver esse vídeo no Youtube que mostra os vários ambientes do restaurante e um pouquinho dos pratos (lembre-se que a noite é bem mais escuro).

  • Grand Hall, o salão principal: o mais imponente dos ambientes, lembra um salão de banquete de palácios. A mesa principal é comunitária, o que quer dizer que outras pessoas sentarão com você, caso peça para ficar ali. Em volta da mesa comunitária há mesas separadas e mesas com sofás.
  • Red Vase Room: mais romântico, intimista e reservado. Ideal para casais ou pequenos grupos de casais e amigos.
  • Lounge: essa é a área do bar, bem escura e animada. No lounge você pode sentar sem reserva e pedir todos os itens do cardápio. Se a idéia é tomar uns drinks e beliscar, pode ser uma boa pedida.
  • Blue Areas: áreas nas laterais do salão principal. São ótimas para grupos de amigos, família ou casais que querem um ambiente um pouco mais aconchegante e tranquilo. Eu gosto muito dessa área!
  • Golden Library: o mais tranquilo, menos barulhento de todos os ambientes e conhecido por ser o mais VIP. Esse ambiente é feito para festas privadas e tem seu próprio bar e entrada secreta direto da rua. Quando não está alugado, fica aberto para o jantar. As paredes são forradas por livros dourados de vidro, iluminados por trás.
A Golden Library, ou biblioteca de ouro, é um dos espaços masi reservados do restaurante e é onde acontecem eventos privados.

A Golden Library (biblioteca de ouro, em português), é um dos espaços mais reservados do restaurante e é onde acontecem grande parte dos eventos privados.

Pra falar a verdade, eu nunca pedi pra sentar em um ambiente específico e acabei sentando em ambientes diferentes em cada uma das minhas visitas ao restaurante, o que foi muito legal pra conhecer cada um. Veja a descrição acima e se achar que faz sentido pra você escolher, não deixe de comentar com a recepcionista ou durante a reserva. Infelizmente, se reservar online não há nenhum campo aberto para fazer esse tipo de pedido, mas não se preocupe pois todos os ambientes são super legais e você pode dar uma passeada pelo restaurante pra conhecer.

Outra coisa que vale mencionar é que no Budakkan as pessoas costumam ir bem arrumadas, como se estivessem indo pra um barzinho mais arrumado ou até mesmo uma balada. Por estar no bairro chamado Meatpacking District, onde fica a maior parte das baladas da cidade, você verá pessoas já vestidas pra sair na sequência. Claro que muita gente vai com roupas um pouco mais casuais do que roupa de balada, mas você não verá muita gente com roupa esportiva, tenis e calça jeans.

A comida no Buddakan

 

O Buddakan segue a linha chamada de family-style, na qual os pratos vem para a mesa conforme ficam prontos. Ou seja, não espere que o prato de cada um venha ao mesmo tempo para começar a comer. Por isso, o ideal é pedir alguns pratos e dividir com o grupo. Os pratos do menu são feitos especificamente para serem compartilhados, e por isso sempre vem com porções já meio divididas. Eu geralmente peço algum tipo de arroz frito e uma ou 2 opções de pratos com alguma proteína para dividir entre 2 ou 3 pessoas. O legal é que você consegue provar várias coisas diferentes em um só jantar!

Esse camarão empanado é um dos meus pratos preferidos. Vale a pena experiemntar!

Esse camarão empanado é um dos meus pratos preferidos. Vale a pena experimentar!

 

Como já comentei, a comida é asiática, bem puxada pra cozinha chinesa, mas é toda feita com técnicas francesas. Se você ou alguém do seu grupo é daqueles que não gosta de arriscar muito em pratos asiáticos, ou tem alguém no grupo que prefere uma comida mais ‘normal’, há ótimas opções no cardápio como costelinhas caramelizadas e um prato de filé com um molho de mostarda maravilhoso.

Pato de Pequim. Esse é um dos pratos mais caros do cardápio, mas serve 2 pessoas e o sabor não deixa a adesejar

O Pato de Pequim é um dos pratos mais caros do cardápio, mas serve 2 pessoas e o sabor não deixa a desejar

Eu adoro a comida do Buddakan. Preciso confessar que foi um dos primeiros restaurantes chineses ou com influência chinesa que eu fui pois sempre tive certeza que eu não iria gostar da comida – eu estava errada, e como! A comida do Buddakan é deliciosa! Alguns dos pratos mais elogiados são os dumplings de edamame (entrada que é carro chefe da casa), os rolinhos de tuna tartare, o rock shrimp, o crispy shrimp, pork bun e outros. De entrada você pode pedir uma degustação de aperitivos para 2, que vem 2 unidades de várias entradas numa apresentação linda. Os rolinhos de tuna tartare costumam ser os que mais ganham elogios.

A degustação de entradas para 2 te permite provar diferentes comidas

A degustação de entradas para duas pessoas te permite provar 5 aperitivos diferentes

Uma das melhores coisas do Buddakan é a qualidade do serviço. Os garçons e garçonetes são extremamente treinados e educados, e conhecem muito bem o menu. Na minha opinião, o menu deles explica muito pouco sobre os pratos, então se você domina o inglês, é uma boa idéia pedir uma ajuda pro garçon ou uma sugestão.

E quer saber um segredo da cozinha? Diz a lenda que eles fazem qualquer comida tradicional chinesa que você pedir, mesmo que não esteja no cardápio. Eu nunca tentei, mas se você tentar, me conta como foi!

Por fim, mas não menos importante: sobremesa. Arrisco a dizer que é uma das coisas que eles fazem de melhor! Não consigo me lembrar de qualquer outro restaurante que tenha sobremesas tão incríveis. Então não se esqueça de guardar um espaço para caber um docinho. E por mais simples que o menu possa parecer, os sabores, texturas e a apresentação das sobremesas do Buddakan são excepcionais. Vale cada caloria! 🙂

Huumm, só de lembrar da ganhache de chocolate, com croutons de chocolate, sorvete de pistache, cerejas secas e muito mais, me dá água na boca!

Huumm, só de lembrar da ganhache de chocolate, com croutons de chocolate, sorvete de pistache, cerejas secas e muito mais, me dá água na boca!

Também não posso deixar de citar os drinks! São super criativos e muito bons. O preço é que não é muito bom: um drink vai custar em média, $15 dólares.

Conclusão sobre o Buddakan

 

O Buddakan é um restaurante incrível, porém é bem caro. Um jantar sai entre $50 e $70. Você paga pela localização boa, pela experiência durante todo o jantar, pelo ambiente incrível – e claro – pela comida. Também é importante considerar que não é todo mundo que gosta do tipo de comida ou ambiente mais escuro e com música. Por esse motivo a conclusão final vai variar bastante de acordo com seu perfil.

Eu sou super fã do Buddakan por isso sempre que estou na cidade, faço minha reserva com antecedência. O valor é salgado, mas a experiência e a comida não deixam a desejar.

Nós pedimos o prato mais caro do cardápio e muitos drinques, e saiu $80 por pessoa

Nós estávamos em 4 pessoas e note que pedimos o prato mais caro do cardápio (pato de pequim), 6 drinques, degustação de entradinhas, pratos principais e sobremesa. Pedindo tudo isso, saiu $80 por pessoa sem gorjeta. Sem as bebidas alcoólicas e trocando o pato por outro prato principal, a conta teria saído cerca de $50 por pessoa.

Como chegar no Buddakan de metrô

Pegue qualquer trem da linha azul (A, C ou E) e desça na estação 14th street. Vocês descerá na esquina da 14th street com a 8th Avenue. Suba duas quadras até a rua 16th, caminhando pela 8th Avenue e vire a esquerda, até o próximo cruzamento com a 9th Avenue. O restaurante fica do outro lado da rua, ao lado do Chelsea Market. Veja o trajeto aqui.

 

Nome:  Buddakan

Endereço: 75 Ninth Ave, New York, (veja no Google Maps), cruzamento com a 16th

Telefone: +1 (212) 989-6699

Referência: lado a lado com o Chelsea Market

Preço: entre US$50 e US$70 por pessoa, sem bebida alcóolica.

Horário de Funcionamento: 5:30pm à meia noite, sexta e sábado até a 1:00am

Cardápio: disponível no site

Avaliação do VPNY:nota 5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *